A jornalista da mídia porca e seu ‘furo velho’

Patrícia Moraes Carvalho | 28/02/2020 | 11:19 AM | DESTAQUES DB
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

*** furo = artigo, matéria, escrita, resenha, texto, escrito, editorial ***


A jornalista do Estadão percebeu a besteira que fez ao dizer que Bolsonaro havia espalhado um vídeo incentivando o povo a se manifestar contra o Congresso.

Palavras do presidente:

“Depois de perceber que o tal vídeo é de 5 anos atrás, ela começou a ligar para algumas pessoas para saber se eu havia enviado a mensagem. E (segundo ela) uma pessoa teria confirmado.”

“Agora esse vídeo ela não mostra. Mostre o vídeo. Veja se lá eu estou atacando o Parlamento brasileiro ou o poder Judiciário (…) Isso ela não mostra. Ela printou uma imagem e não mostrou o vídeo. Até o vídeo que está no print dela não tem nada a ver”

“(…) no afã de dar o furo jornalístico rapidamente, ela não viu a data que era 2015.”

De acordo com Bolsonaro, o motivo por trás dos ataques insanos contra seu governo seria um corte de verbas de publicidade:

“Mais um trabalho porco que a mídia repercutiu em cima da Vera Magalhães (…) O meu grande erro é não gastar R$ 1 bilhão por ano com propagandas oficiais. Estamos gastando menos. (…) Por não gastar dinheiro com essa mídia podre, passam o tempo todo escrevendo besteira sobre nosso governo.”

Em tom exaltado, Bolsonaro disse que não ‘dará dinheiro para a imprensa’:

“Vera Magalhães, você como jornalista precisa ter um pouco mais de vergonha na cara. … o que interessa hoje em dia não é a verdade, mas sim quem posta primeiro … não vou renunciar ao meu mandato, não vou dar dinheiro para a imprensa … graças a Deus hoje temos as redes sociais – afirmou.”

 


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.