Advogados pedem prisão de Moro e Dallagnol

Amanda Nunes Brückner | 17/06/2019 | 1:26 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O CAAD (Coletivo de Advogadas e Advogados pela Democracia CAAD) – leia-se extremistas de vermelho – protocolou no último sábado (15), no Superior Tribunal de Justiça (STJ), uma notícia-crime pedindo a prisão do ministro Sérgio Moro e dos procuradores Deltan Dallagnol, Laura Gonçalves Tessler, Carlos Fernando dos Santos Lima e Maurício Gotardo Gerum.

“Para a garantia da ordem pública e conveniência da instrução criminal, nos termos dos arts. 312 e 313, I, CPP, a prisão preventiva de Sérgio Moro, Deltan Dallagnol, Laura Tessler, Carlos Fernando dos Santos Lima e Maurício Gotardo Gerum”, diz a peça – leia-se peça teatral –  assinada pelo grupo de juristas.

De acordo com o documento, “o ex-juiz e os procuradores da autodenominada Força-Tarefa Lava-Jato de Curitiba/PR se valeram dos cargos públicos para fabricar denúncias criminais e processos judiciais com o fim de obtenção de vantagens pessoais, o que tem vindo a público através de conteúdos obtidos em arquivos digitais, divulgados pelo site The Intercept … “.

É o poste tentando urinar no cachorro, mais uma vez.

Qual será o próximo passo dessa turma? Sugerir o nome de Glen Greenwald (dono do The IntercePT) para o Ministério da Justiça?



compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.