Alexandre Garcia define o caso Bebianno: “Quinta-coluna”

Amanda Nunes Brückner | 19/02/2019 | 12:00 AM | MÍDIA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Em matéria que foi veiculada num dos maiores jornais do país, Bebianno aparece como o ‘cara que elegeu Bolsonaro’ … e mais, o tal Bebianno ainda diz que ‘deve desculpas ao povo brasileiro.’ 

A verdade é que Bolsonaro elegeu Bolsonaro … simples assim!

Do nada, Gustavo Bebianno passou a ser o ‘xodó’ da grande mídia nos últimos dias.

Os mesmos canais de imprensa que tentam derrubar a ministra Damares Alves, tratam Bebianno como um herói.

Teorias para defender o ministro da Secretaria-Geral da Presidência são as mais variadas … é uma criatividade sem limites onde o objetivo principal é enfraquecer o presidente.

A questão-chave é a seguinte: Jair Bolsonaro cortou as verbas publicitárias e a mídia está agonizando como um moribundo em seus últimos dias de vida.

E para piorar ainda mais, os grandes grupos de comunicação perderam seu principal informante.

O célebre jornalista Alexandre Garcia, numa única tuitada, definiu o caso Bebianno:

“Quando eu era menino, em tempos de II Guerra, ouvia muito falar em “quinta-coluna”, – infiltrados a trabalhar pelo inimigo, a agir contra. Jamais pensei que iria ser contemporâneo disso outra vez.”



Significado de Quinta Coluna

Expressão considerada sinônimo de traição, caracterizada pela reunião de um grupo de pessoas que atuam clandestinamente com a intenção de trair os seus companheiros, a sua pátria ou sua organização.

Originalmente, a “quinta coluna” se referia ao grupo de indivíduos que agiam em determinado país em favor de uma nação inimiga, principalmente em períodos de guerra.


(via www.significados.com.br)

 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.