Após proposta ‘engana-bobo’ feita pelo governo, caminhoneiros decidem manter paralisações

Amanda Nunes Brückner | 23/05/2018 | 12:48 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A paralisação dos caminhoneiros (que começou ontem) continuará por tempo indeterminado, apesar da tentativa de acordo feita pelo governo, que anunciou uma possível redução em um dos tributos que incidem sobre o preço do diesel.

Conforme anunciamos anteriormente, a iniciativa de Rodrigo Maia (presidente da Câmara), Eunício Oliveira (presidente do Senado) e Michel Temer, não passa de um artifício ‘engana-bobo’.

José da Fonseca Lopes, presidente da Abcam  (Associaçao Brasileira dos Caminhoneiros), afirmou que somente a redução da Cide não é suficiente.

“Isso não resolve o problema, a gente quer ser ouvido. Queremos que os tributos no óleo diesel sejam zerados. A Cide representa 1% dos tributos que incidem no combustível”, disse.

Estima-se que cerca de 300 mil caminhoneiros tenham participado dos protestos de hoje.

A entidade representa aproximadamente 600 mil caminhoneiros autônomos (60% do total do país).

Parabéns aos caminhoneiros!


compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.