Atualizado: Número de detentos em fuga nas penitenciárias de SP ultrapassa 1300

Cerca de 400 detentos fugiram do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) Dr Rubens Aleixo Sendin, localizado em Mongaguá.

Presos de outras 4 penitenciárias de SP também se rebelaram hoje (16):

Taubaté (Vale do Paraíba), Tremembé, Porto Feliz e Mirandópolis (interior de São Paulo).

As rebeliões começaram após o governo do Estado vetar a saída dos presos no início do dia em razão do coronavírus … as unidades são destinadas a presos que cumprem pena no regime semiaberto.

Informação do sindicato dos agentes penitenciários.

Vamos repetir quantas vezes for necessário:

Se o Exército Brasileiro não tomar alguma atitude, o país entrará numa guerra civil.

Atualizado às 20:36

G1 informou que A Polícia Militar divulgou o seguinte cenário após as fugas e rebeliões:

  • Mongaguá – fugiram 400 presos. Não há informações de reféns.
  • Mirandópolis – fugiram 926 presos. Não há informações de reféns
  • Taubaté – fugiram 30 presos. Não há informações de reféns.

vídeo abaixo:


 

publicidade


PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com