Ministro Barroso: “Houve um ataque criminoso contra Moro e Dallagnol”

08/10/2019

Luís Roberto Barroso, ministro do STF, declarou que “não tem nenhuma dúvida” de que houve um “ataque criminoso” às comunicações do ministro Sergio Moro e do coordenador da Força-Tarefa da Lava Jato, procurador Deltan Dallagnol.

“Certamente ocorreu ataque criminoso. […] Não tem nenhuma dúvida”, afirmou Barroso, de acordo com publicação do Estadão.

Desde junho deste ano, o site IntercePT vem divulgando diálogos atribuídos a Moro, Deltan e outros procuradores da Lava Jato com o objetivo de ‘libertar Lula’.

No dia 26/06, a maioria da 2ª Turma do (STF) rejeitou uma proposta do ministro Gilmar Mendes para colocar Lula em liberdade.

Lula continua preso … agora, só falta prender (punir, responsabilizar, processar, etc…) o jornalista fanfarrão, que de acordo com o ministro Barroso, cometeu um crime.