Vírus mortal: Belo Horizonte tem primeiro caso suspeito de coronavírus

Amanda Nunes Brückner | 23/01/2020 | 12:05 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Uma mulher de 35 anos, que esteve em Xangai (China) e desembarcou em Belo Horizonte no último sábado (18) foi identificada “com sintomas respiratórios compatíveis com doença respiratória viral aguda”.

A informação é da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG):

“Tendo em vista o contexto epidemiológico atual do país onde a paciente esteve, foi considerada a hipótese de doença causada pelo novo Coronavírus, que é microrganismo de alerta sanitário internacional”, informou a SES-MG, em nota.

A paciente está internada no Hospital Eduardo de Menezes, na Região do Barreiro, e encontra-se clinicamente estável. O caso segue em investigação.

O Ministério da Saúde, órgão ligado ao governo federal, negou que tenha sido detectado um caso de coronavírus em Minas Gerais:

 “Não há detecção de nenhum caso suspeito no Brasil de Pneumonia Indeterminada relacionado ao evento na China” … o caso noticiado pela Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais não se enquadra na definição de caso suspeito da Organização Mundial da Saúde (OMS), tendo em vista que o paciente esteve em Xangai, onde não há, até o momento, transmissão ativa do vírus”, explicou o órgão federal.

Segundo o ministério, a OMS determinou que “só há transmissão ativa do vírus na província de Wuhan”, onde o surto teria começado. Xangai fica a cerca de 840 quilômetros de Wuhan.

Vírus mortal

Até agora, 400 pessoas foram infectadas, segundo o último boletim divulgado pelas autoridades chinesas.

Classificado como uma  ameaça à saúde pública global de 2020, o coronavírus já matou ao menos 17 pessoas na China e já chegou à Coreia do Sul, Japão, Tailândia, Taiwan e Estados Unidos.

As autoridades tentam conter a doença e evitar que ela se espalhe pelo planeta.

A letalidade da nova cepa e a velocidade com que se espalha já rendeu comparações com a temida Sars (Síndrome Respiratória Aguda Grave), que entre 2002 e 2003 matou pelo menos 650 pessoas na China e em Hong Kong.

O que o coronavírus causa?

Os sintomas variam, podendo causar desde um resfriado com tosse até uma febre forte e dificuldades para respirar.

Em seu estado mais grave, o vírus leva à morte.

Transmissão

O coronavírus é semelhante ao vírus da gripe porque infecta animais, que transmitem o vírus ao ser humano … em seguida, a infecção é passada de pessoa para pessoa por meio da secreção, tosse, ar e objetos contaminados.

Como se prevenir da infecção pelo coronavírus?

Algumas dicas são:

Não entrar em contato com quem sofre de infecções respiratórias;

Evitar contato com animais selvagens ou doentes;

Lavar as mãos frequentemente — você pode ter entrado em contato com doentes sem saber;

Use álcool gel para limpar a superfície dos móveis e objetos;

Tem cura?

A médica infectologista Joana D’arc Gonçalves da Silva explica que ainda não há um tratamento para a doença:

“Para os pacientes graves, se faz tratamento de suporte: hospitalização, oferta de oxigiênio e UTI (Unidade de Terapia Intensiva) com ventilação mecânica até que o organismo se livre do vírus. É como a gente faz com a dengue. O importante é procurar rapidamente o sistema de saúde.”

 


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.