Bolsonaro critica OMS e recebe elogios de Vladimir Putin

Nesta terça-feira (17), o presidente Jair Bolsonaro alegou que a OMS (Organização Mundial da Saúde) precisa ser reformada “urgentemente”.

A declaração foi feita durante a cúpula virtual dos Brics, logo após o discurso do ditador Xi Jinping, que rasgou elogios à OMS.

De acordo com o presidente brasileiro, a Organização está menosprezando os países ao se colocar como conhecedora única dos métodos de combate à pandemia.

“Desde o início também critiquei a politização do vírus e o pretenso monopólio do conhecimento por parte da OMS, durante a pandemia da Covid-19. O combate à Covid-19 foi feito prioritariamente por cada país e não por organismos internacionais”

 

“É preciso ressaltar que a crise demonstrou a centralidade das nações para a solução dos problemas que hoje acometem o mundo. Temos que reconhecer a realidade que não foram os organismos internacionais que superaram os desafios, mas sim a coordenação entre os nossos países”.

Vladimir Putin faz elogios à “coragem” de Bolsonaro

Palavras do presidente russo:

“O senhor expressou as melhores qualidades masculinas e de determinação. O senhor foi buscar a solução de todas as questões, antes de tudo na base dos interesses do seu povo, seu País, deixando para depois as soluções ligadas ao problemas de sua saúde pessoal. Isso é para todos nós um exemplo de relacionamento corajoso com o cumprimento de seu dever e a execução de suas obrigações na qualidade de chefe de Estado”

 

publicidade


PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com