Bolsonaro não foi proibido de entrar em restaurante de NY. Ele lanchou como se fosse um turista qualquer

20/09/2021

Não dava pra esperar outra atitude da mídia comunista do país …

Após desembarcar em Nova York no final da tarde de ontem (19) para participar da Assembleia-Geral das Nações Unidas, o presidente Jair Bolsonaro saiu para comer uma pizza com alguns ministros e membros da comitiva.

Todos lancharam de pé, em uma calçada, próximo ao hotel em que estão hospedados.

Segunda a ‘grande mídia’ patética, Bolsonaro não poderia frequentar o restaurante porque a legislação da cidade norte-americana exige a apresentação de um comprovante de vacinação com as duas doses.

O que ocorre na verdade é que grande parte dos restaurantes (fast-food) de NY ainda estão fechados devido ao alto índice de contaminação da Covid-19 e os clientes são servidos do lado de fora.

Não houve uma proibição exclusiva para o presidente do Brasil.

Alguns ministros da comitiva chegaram a atribuir a cena inusitada à “simplicidade” do presidente.

5 1 vote
Article Rating

Deixe um comentário

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Pedro

Jovem Pan jornalismo brasileiro com credibilidade

Vania

É que membros da Esquerdalha corrupta, prefere ostentar restaurantes caros às custas do dinheiro público. Parabéns Presidente! O Sr me representa.

Maria Souza

Mas pra Esquerda safada e bandida seria mais interessante que o Presidente estive em uma mesa regada a vinhos, lagostas, queijos, caviar como fazem o perdulários sanguessugas ladrões do dinheiro público.