Bombardeiros nucleares russos estão na Venezuela

Patrícia Moraes Carvalho | 24/01/2019 | 12:50 PM | POLÍTICA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Maduro já estava se preparando …

Em dezembro de 2018, há pouco mais de 1 mês, a Rússia enviou dois bombardeiros nucleares para a Venezuela com o ‘suposto’ objetivo de treinar manobras militares conjuntas entre os dois países. Na época, o Ministério da Defesa da Venezuela declarou que os exercícios exercícios serviriam para “preparar a defesa do país caso fosse necessário”. Os aviões modelo Tu-160 (capazes de carregar mísseis nucleares com um alcance de até 5,5 mil km) chegaram ao aeroporto de Maiquetía (arredores de Caracas) no dia 10/12/18, após uma viagem de 10 mil km. A Rússia informou que as aeronaves percorreram o espaço aéreo internacional “estritamente” dentro da lei e foram escoltados, em alguns trechos, por caças da Noruega. “Devemos dizer ao povo venezuelano e ao mundo que cooperamos (com a Rússia) em várias áreas e também nos preparando para a defesa da Venezuela até o último palmo de terra caso seja necessário” disse Vladimir Padrino, ministro da Defesa da Venezuela.

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.