“Brasileiro não é raça, é uma coisinha nojenta” diz fundador do PT

Amanda Nunes Brückner | 16/02/2020 | 8:16 PM | MÍDIA Uncategorized
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Um vídeo trazendo uma entrevista com Sérgio Paladini, que se diz fundador do PT,  voltou a viralizar nas redes sociais após uma publicação feita pelo presidente Jair Bolsonaro.

Paladini afirma que somente com o uso de armas será possível acabar com “tanto escroto, tanto fascista … e ainda ia faltar munição”, se referindo aos apoiadores e eleitores de Bolsonaro.

Em trecho do video, Palladini chama o povo brasileiro de podre, corrupto e nojento.

As declarações foram dadas, segundo comentários da Internet, durante um encontro festivo em São Bernardo do Campo, quando abordado para falar sobre a crise no Brasil.

Paladini não economiza palavras:

“Eu falo que vai faltar munição porque o argumento que a gente possa ter, via imprensa, não chega na mediocridade da orelha do brasileiro. Não sabe ouvir.”

E mais:

“Brasileiro é venal, é uma coisinha nojenta, o povo brasileiro, independente da Globo, da Bandeirantes, ele vive de propinas, ele vive de gorjetas… não é conservador, é corrupto, é podre. O povo brasileiro é podre… Esse povinho é tão vagabundo que nem sabe se teve golpe ou não… é um povinho, uma gentinha… brasileiro não é raça. Brasileiro é coisa!”


Confira no vídeo abaixo:

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.