Carlão foi ‘ninja’ e derrubou todo um conglomerado de mídia

Guilherme Santiago | 19/02/2019 | 6:00 PM | GOVERNO
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Os internautas estão dando um baile na grande mídia …

(comentário da internauta Nádia de Oliveira | postado em 16/02/19)

As coisas começaram a ficar mais claras.

Primeiro houve uma matéria da Folha denunciando a candidatura laranja do PSL e dizendo que Bebiano tinha tentado ligar pra Bolsonaro, sem sucesso, para falar desse assunto.

Depois veio O Globo e declarou que Bebiano ligou 3 vezes para falar do cancelamento de uma viagem que ele e outros dois ministros fariam ao Pará.

No meio da matéria, o jornalista (de O Globo) menciona o caso da deputada laranja do PSL.

Essa mistura de assuntos (acredito que tenha sido intencional) deu margem a uma má interpretação de texto.

Na realidade, as insistentes ligações (de Bebianno para Bolsonaro) não eram para conversar sobre o cancelamento da viagem ao Pará …

Bebianno queria largar uma deixa para tentar envolver Bolsonaro no esquema de candidaturas laranjas do PSL … algo que o presidente sequer participou durante a campanha de 2018 … era uma arapuca para Jair.

Bolsonaro cortou Bebianno na primeira tentativa e mandou um áudio com os seguintes dizeres:

“Gustavo, está complicado eu conversar ainda. Então não vou falar, não vou falar com ninguém a não ser estritamente o essencial. E estou em fase final de exames para possível baixa hoje, tá ok? Boa sorte aí.”

O Antagonista surfou na onda e começou a replicar a matéria da Folha e do Globo, misturando os assuntos (deliberadamente?).

Se o Carlos Bolsonaro não tivesse desmentido Bebiano, a mídia inteira estaria deturpando tudo, criando uma suspeição e pedindo a cabeça do presidente Bolsonaro.

É assim que começam as narrativas mentirosas.

Elas têm sempre dados reais, mas que são misturados e deturpados para serem apresentados como fatos concretos.

Há sempre uma articulação entre os veículos de imprensa … um veículo publica um detalhe e outro vai deturpando.

Carlos percebeu isso … foi brilhante, rápido, certeiro e desarmou a arapuca.

O ataque maciço contra ele (Carlos) mostra que a grande mídia foi atingida com um tiro no peito e agora agoniza.

Tiraram o doce da boca dos jornalistas, que se preparavam para dar o grande golpe contra Bolsonaro.


Uma observação … por Patrícia Carvalho

A mídia precisa ser honesta intelectualmente e parar de apostar na ingenuidade do brasileiro.

O tempo de fazer esse tipo de política já passou.

Havia uma ‘operação de infiltração’ combinada entre Bebianno e a grande mídia e tudo foi desmascarado.

Carlos foi um guarda-costas eficiente … notou a movimentação estranha e desafiou o blefe do ministro ‘agente duplo’.


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.