Cármen Lúcia estica a corda e Bolsonaro reage: “Só Deus me tira daqui”

15/04/2021

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), estabeleceu um prazo de cinco dias para que o presidente da Câmara Arthur Lira (PP-AL) dê explicações sobre a não abertura dos processos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro.

Atualmente, a Câmara tem mais de cem requerimentos contra o presidente da República engavetados. (99% dos pedidos têm natureza política)

Vale ressaltar que nenhum ministro do STF jamais questionou (ou estabeleceu algum prazo) para que o Senado explicasse o motivo de dezenas de engavetamentos de pedidos de impeachment contra ministros da Corte Suprema.

Em sua live semanal, há alguns minutos, o presidente Bolsonaro comentou o assunto:

“Quero dizer que estou tranquilo. Todos estão vendo o que está acontecendo e somente Deus me tira desta cadeira”

 

0 0 votes
Article Rating

Deixe um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments