Caso COAF: O mínimo que se espera da família Bolsonaro é decência

Amanda Nunes Brückner | 08/12/2018 | 4:07 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

(Patrícia Carvalho para o Diário do Brasil)

O caso

Oito servidores da Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do RJ) que passaram pelo gabinete do deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) realizaram transferências bancárias para uma conta mantida pelo ex-policial militar Fabrício José Carlos de Queiroz.

Queiroz atuou como motorista e segurança de Flávio Bolsonaro na Alerj.

De acordo com relatório do COAF (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), o ex-policial (que tem uma renda anual de R$ 276 mil – somados salário da Alerj + aposentadoria da PM), movimentou cerca de R$ 1.236.838 entre 1º de janeiro de 2016 e 31 de janeiro de 2017, o que foi considerado suspeito pelo conselho.

O Coaf também apontou um depósito de R$ 24 mil para futura primeira-dama, feito por ex-assessor de Flávio Bolsonaro.

Jair Bolsonaro afirmou, segundo o site “O Antagonista”, que ele e Queiroz eram amigos e que emprestou dinheiro para o ex-policial porque ele estava com problemas financeiros [..] o tal depósito feito na conta da futura primeira dama seria relativo ao pagamento de parte dessa dívida.

O que se espera da família Bolsonaro

Em primeiro lugar, Bolsonaro e sua esposa Michele deveriam vir a público, mostrar os extratos de suas respectivas contas bancárias e explicar o motivo do tal depósito.

O povo brasileiro (seja eleitor de Bolsonaro ou não) quer e merece uma explicação razoável no menor tempo possível.

Flávio Bolsonaro, o filho do presidente, deveria fazer o mesmo e abrir o jogo de vez, já que o gabinete dele é o foco principal da denúncia.

Não dá mais pra colocar ‘panos quentes’ em situações como essa … nós brasileiros estamos de saco cheio de falcatruas.

Quem estiver ‘devendo’ que pague ‘a conta’ … seja o presidente, a primeira dama, o filho do presidente ou até o Papa.

E vou ainda mais longe … caso Flávio Bolsonaro tenha ‘culpa no cartório’, o mínimo que se espera dele seria uma renúncia ao cargo (senador) pelo qual ele foi eleito.


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.