Censura mata

Guilherme Santiago | 31/01/2021 | 3:58 PM | DESTAQUES DB
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A culpa é do ‘algoritmo’ …

(PATRICIA LAGES | Do R7)

O conselho de supervisão do Facebook recomendou a criação de um “novo padrão” para o que considera desinformação ou fake news sobre saúde e classificou as atuais regras como “inadequadamente vagas”. Após censurar postagens com estudos sobre a efetividade da hidroxicloroquina (HCQ) como tratamento contra a covid-19, a big tech reconhece que “cometeu um erro”.

Em seu Twitter, a Dra. Simone Gold publicou (em inglês):

“O Facebook acaba de anunciar que ‘cometeu um erro’ quando censurou estudo mostrando que a hidroxicloroquina salva vidas. Censura nunca é “um erro”. Os executivos da tecnologia tomaram repetidamente decisões calculadas, mês após mês, silenciando médicos ao redor do mundo.”

A médica ficou conhecida após publicar um vídeo onde defendia o direito de os médicos prescreverem o medicamento que acreditem ser o melhor para seus pacientes.

O conteúdo do vídeo foi classificado pelas Big Techs como desinformação e a médica foi demitida do hospital em que trabalhava, além de ter sido censurada nas redes.

Em agosto de 2020, o jornalista Jim Hoft escreveu:

“A mídia liberal não pode esconder essa verdade do público americano para sempre. O último teste internacional do tratamento com hidroxicloroquina para o coronavírus mostra que os países que fizeram uso precoce da droga tiveram uma taxa de mortalidade 79% menor do que os países que proibiram o uso do medicamento seguro contra a malária.”

“Isso significa que o Dr. Fauci, o Dr. Birx, o CDC, a mídia liberal de notícias falsas e os gigantes da tecnologia estão promovendo uma mentira que teve consequências mortais!”

The Wall Street Journal

O conselho independente de supervisão de conteúdo do Facebook Inc. emitiu suas primeiras cinco decisões na quinta-feira (28), anulando quatro casos em que descobriu que a empresa infringiu injustamente o discurso dos usuários na plataforma ou aplicou mal regras vagas sobre conteúdo que poderia causar danos iminentes.

Entre as decisões do conselho estavam a determinação de que os algoritmos do Facebook estavam errados ao remover uma postagem sobre a identificação do câncer de mama que apresentava o mamilo de uma mulher e a descoberta de que o Facebook foi muito rígido ao remover a postagem de um usuário francês elogiando a hidroxicloroquina, um tratamento outrora amplamente discutido para Covid-19 que as autoridades médicas geralmente consideram não eficaz.

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.