Chineses doam R$ 1,7 milhão para sindicatos e funcionários da CEF entram em greve

27/04/2021

A Federação Nacional dos Sindicatos da China (ACFTU – All China Federation of Trade Unions) fez uma “doação” de 300 mil dólares (R$ 1,7 milhão) para o Fórum das Centrais Sindicais do Brasil, que reúne grupos como CSB, CUT, Força Sindical, UGT, CTB e NCST.

Segundo a instituição, que é ligada ao Partido Comunista da China, o valor será usado para ações contra a Covid-19.

“Os sindicatos dos dois países insistiram em colocar a saúde e a segurança dos trabalhadores e dos povos em primeiro lugar, eliminando todos os tipos de ruído político e realizando ativamente a cooperação pragmática, o que serve como um exemplo da cooperação no combate à pandemia para o movimento sindical internacional” – informou Jiang Guangping, vice-presidente da ACFTU.

O uso da verba ainda será definido pelo Fórum das Centrais Sindicais.

Mesmo com a redução de recursos, a CUT investiu recentemente em campanhas em grandes veículos contra privatizações e contra a reforma administrativa.

Coicidência?

Na manhã desta terça-feira (27), apoiados pela CUT, funcionários da Caixa Econômica Federal decidiram entrar em greve.

 

0 0 votes
Article Rating

Deixe um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments