Com 100% de leitos de U.T.I. ocupados, cidade mineira registra festa com mais de 1000 pessoas

12/04/2021
imagem registrada pela aeronave Pégasus, da PM

Uma enorme aglomeração foi flagrada pelos tripulantes da aeronave Pegasus da Polícia Militar, na tarde deste domingo (11), em Poços de Caldas, cidade turística no sul de Minas Gerais.

Segundo a PM, aproximadamente 300 veículos estavam no local e um número aproximado de 1000 pessoas estavam aglomeradas ao longo da estrada de acesso (Estada do Cristo) e no interior da Rampa do Voo Livre.

Os policiais foram acionados por através de uma denúncia anônima, que relatava que vários jovens estariam consumindo de bebidas alcoólicas e drogas, além de provocar brigas entre eles.

“Policiais compareceram ao local e confirmaram o desrespeito ao decreto municipal referente a Covid-19, e com a situação crítica enfrentada pelos hospitais por falta de leitos de UTI, e com a decretação da onda roxa pelo Estado de Minas Gerais”, afirmou a PM.

Os indivíduos ignoraram as ordens dos policiais para que deixassem o local e foi necessário o uso de granadas de efeito moral de gás lacrimogêneo.

Segundo a PM, somente após a ação é que foi possível fazer com que pessoas e veículos deixassem o local.

Confira os vídeos abaixo:

Covid-19 na cidade

A Prefeitura de Poços de Caldas emitiu, na tarde desta segunda-feira (12), um comunicado sobre a ocupação de leitos de UTI em Poços de Caldas. A manifestação ocorreu após o anúncio da morte de um paciente de 76 anos que aguardava uma vaga de UTI.

No comunicado, a prefeitura esclarece que os 73 leitos de UTI exclusivos para covid-19 estão ocupados, incluindo os 10 do hospital de campanha e os semi-intensivos na UPA.

“Os números são preocupantes, principalmente pelo longo tempo que os pacientes permanecem nas UTIs se recuperando. Mesmo com o grande número de casos graves, não falta atendimento a nenhum paciente no município”, garante o comunicado.

 

0 0 votes
Article Rating

Deixe um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments