Com uniforme ‘antifascista’, Botafogo interrompe jogo e faz ato pró-Black Lives Matter


Durante a partida realizada neste domingo (28) contra a Cabofriense, no estádio Engenhão (RJ), pela quarta rodada da Taça Rio, jogadores do Botafogo interromperam o jogo para dar apoio ao movimento norte-americano Black Lives Matter (vidas negras importam).

Criado nos Estados Unidos, o BLM é alinhado à extrema esquerda e vem recebendo amplo suporte de movimentos autodenominados antifascistas, anarquistas e comunistas mundo afora.

A frase “Vidas negras importam” também foi exibida na camisa especial do Botafogo, composta de um ‘punho antifascista’.

Nas costas, uma homenagem aos profissionais da linha de frente do combate à pandemia de coronavírus.

Após um minuto e cinquenta segundos de bola rolando, os atletas do Botafogo se ajoelharam em campo em referência ao movimento.


publicidade