Coronavírus: Encerrado o Carnaval, as próximas 2 semanas serão cruciais

Patrícia Moraes Carvalho | 25/02/2020 | 10:34 PM | DESTAQUES DB
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

XANGAI – Um homem de 70 anos de idade na província de Hubei, na China, foi infectado com coronavírus, mas não apresentou sintomas até 27 dias depois, informou o governo local neste sábado (22).

Isso significa que o período de incubação do vírus pode ser bem maior do que os 14 dias que se imaginava inicialmente.

O que isso significa?

Significa que, passadas duas semanas após o Carvanal, porderão aparecer mais casos de infecções que foram ‘importadas’ de outros países, principalmente de pessoas vindas do continente europeu que vieram ao Brasil para curtir a festa.

Eu, Patrícia, torço pessoalmente para que tudo não passe de um alvoroço midiático, mas os fatos concretos apontam para outro cenário.

Um gringo sozinho, que veio (por exemplo) da Itália, Espanha, Coréia do Sul, China, Alemanha, etc … pode ter contaminado várias outras pessoas durante as festividades carnavalescas.

Infelizmente teremos que esperar o tempo mínimo de 14 dias para saber se brasileiros foram realmente contaminados pelo coronavírus CoV-19.

Enquanto isso, os mais afoitos (ou precavidos) já estão providenciando seus estoques pessoais de água, állcool, sabonetes, lencóis novos, máscaras, etc…


Como prevenir o novo coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.

Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.