Coronavírus: Prefeito italiano impede que 7 mil pessoas desembarquem de navio

Guilherme Santiago | 30/01/2020 | 1:45 PM | INTERNACIONAL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Aproximadamente 7 mil pessoas (6 mil passageiros e 1 mil tripulantes) estão presos em um navio cruzeiro no porto de Civitavecchia, na Itália.

O navio Costa Smeralda está ‘trancado’ desde a manhã de quinta-feira, depois que uma chinesa de 54 anos, de Macau, aparentou sintomas de forte gripe na noite anterior.

Existe a suspeita de outros casos de coronavírus a bordo do navio, anunciaram as autoridades de saúde locais:

“O ministério da Saúde nos alertou sobre possíveis casos e enviou três médicos a bordo para realizar os exames prévios — informou à AFP uma porta-voz do centro de saúde de Civitavecchia.”

Na tarde de quinta-feira, Vincenzo Leone, comandante do porto, anunciou que 1.140 pessoas deveriam desembarcar do cruzeiro conforme programado.



“Você está louco? Quem deu a ordem de desembarque?”

Imediatamente, ele foi repreendido pelo prefeito Ernesto Tedesco, que chegou ao local em um Fiat 500 dirigido por seu assistente, se inclinou pela janela e gritou:

“Você está louco? Quem deu a ordem de desembarque?”

O prefeito então solicitou a todos os passageiros que permaneçam a bordo até o Ministério da Saúde possa emitir um laudo oficial:

“Tenho que proteger a saúde dos meus compatriotas” declarou Tedesco.

A empresa italiana Costa Cruzeiros, responsável pela viagem, confirmou que 6 mil passageiros estão a bordo e as demais pessoas são integrantes da tripulação.

 


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.