Defesa de Cabral usa exemplo de Lula e pede transferência do ex-governador para batalhão da PM

Amanda Nunes Brückner | 30/07/2018 | 12:33 AM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A defesa de Sérgio Cabral enviou um pedido ao presidente Michel Temer para que o ex-governador seja transferido do complexo penitenciário de Bangu para uma sala de Estado-Maior em algum batalhão da PM do RJ.

Chamado de Recurso Hierárquico Administrativo, o pedido foi feito para o presidente Temer porque a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária do RJ (Seap) atualmente está sob Intervenção Federal.

Os advogados citaram o exemplo do ex-presidente Lula e argumentam que, pelo fato de ser um ex-governador, Cabral teria direito a uma prisão especial.

Além do argumento acima, também foi dito que os constantes deslocamentos para audiências na Justiça Federal colocam em risco a integridade do ex-governador, já que o percurso usado é a Avenida Brasil – “o trajeto mais perigoso do todo o estado”, alegaram os advogados.

E tem mais … a defesa cita que Cabral corre risco de morte dentro do presídio, que abriga assassinos, ex-policiais e milicianos.

Até o mês de março deste ano, Sérgio Cabral já acumulou 5 condenações (4 por Bretas e 1 por Sérgio Moro) que somam 100 anos de prisão.

O ex-governador responde a 21 processos na Justiça.


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.