Delegada do caso MBL/Ayan é baleada e seu estado é grave

Amanda Nunes Brückner | 03/08/2020 | 3:11 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Uma operação deflagrada pelo Ministério Público de São Paulo no dia 10 de julho prendeu dois empresários que, segundo os investigadores, são ligados ao Movimento Brasil Livre (MBL).

Alessander Mônaco Ferreira e Carlos Augusto de Moraes Afonso, conhecido como Luciano Ayan, são suspeitos de lavagem de dinheiro e estão presos.

ATENÇÃO!⚠️

Delegada que estava investigando o caso MBL – Ayan foi encontrada baleada em seu apartamento!

Considerada uma das principais delegadas da Polícia Civil de São Paulo, Ivalda Oliveira Aleixo foi encontrada com um ferimento grave perto da veia femoral dentro do apartamento onde mora na capital paulista. A informação é do Balaço Geral da Record.

Na residência também havia marcas de tiros. Ela foi levada inconsciente e em estado grave para o hospital.

A delegada está cuidando do caso que investiga dois empresários próximos do Movimento Brasil Livre (MBL) pelo suposto desvio de mais de R$ 400 milhões de empresas, além de lavagem de dinheiro e ocultação de patrimônio.

Assistam:

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.