Demissões em massa no Brasil: Grupo fecha 150 lojas e dispensa milhares de funcionários

A IMC (International Meal Company), proprietária de marcas como KFC, Pizza Hut e Frango Assado demitiu 30% dos funcionários no Brasil.

Uma outra parte dos colaboradores que ficaram na empresa tiveram contratos suspensos ou tiraram férias.

De acordo com informações do jornal Valor, as medidas fazem parte de uma “alternativa de redução de despesas e preservação de caixa” e o número de funcionários demitidos não foi divulgado oficialmente pela empresa, porém estima-se que cerca de 3000 pessoas foram desligadas até o momento:

“O Valor apurou que, desconsiderando as operações da MultiQRS, a IMC teria, antes das demissões, cerca de 10 mil funcionários.”

As demissões incluem um compromisso de “priorizar a recontratação de funcionários desligados assim que a situação estiver mais normalizada”.

Cerca de 150 lojas foram fechadas no país, sendo 27 da KFC, 26 do Viena e 77 do Pizza Hut, além de uma unidade Frango Assado e 15 da Batata Inglesa.


Em novembro de 2019, a empresa havia anunciado que pretendia investir R$ 450 milhões em cinco anos, abrir 415 lojas e gerar 9 mil empregos no país.

 

publicidade


PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com