Deputado petista provoca e leva mitada antológica de ministro ‘opressor’

11/12/2019

Durante sua participação na Comissão de Educação na Câmara dos Deputado, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, deu uma ‘catracada’ no filho do ex-ministro José Dirceu.

Num dado momento, o deputado Zeca Dirceu pediu ao ministro que assinasse um documento assumindo a responsabilidade por suas declarações sobre as faculdades brasileiras.

Dirceu ameaçou processar o ministro com base no artigo 138 do Código Penal (crime de calúnia, que pode incorrer numa pena detenção de 6 (seis) meses a 2 (anos) e multa).

Weintraub não titubeou e rebateu:

“Se eu contar alguma mentira, eu serei processado. Então, pode me processar. Eu não coloco o meu nome nome numa coisa que o senhor escreve […] o senhor falou que o que eu estou fazendo é um crime passível de prisão, mas eu não entendo de prisão. Acho que o senhor pode me dar algumas aulas disso”, afirmou.