“Dilma deu aval para a liberação de R$ 30 milhões em propina” diz Joesley

Patrícia Moraes Carvalho | 18/07/2018 | 12:58 PM | POLÍTICA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Em 2016, o Brasil inteiro ficou sabendo que a JBS depositou 150 milhões de dólares no exterior para Lula e Dilma

Os valores (que estavam na tal conta no exterior) eram administrados pelo ex-­ministro Guido Mantega e seriam relativos a comissões pelas liberações feitas para a JBS junto ao BNDES.

Também não é novidade que a JBS declarou que Michel Temer recebeu várias quantias em ‘dinheiro vivo’ […] uma dessas boladas, de 1 milhão de reais, foi entregue ao coronel João Baptista Lima, o suposto ‘laranjão’ do presidente.

Em seu último depoimento à PF, Joesley narrou os detalhes de cada transação.

Dilma Rousseff – segundo Joesley, o corruptor

“A história é a seguinte: Em 2014, Dilma me pediu (dentro do Palácio do Planalto) que eu fizesse uma doação a Pimentel (atual governador de MG)” disse o empresário.

Até o ano de 2014, Dilma e Joesley nunca tinham tratado de dinheiro […] mas como a iniciativa partiu da presidente (e ela foi direto ao ponto), Joesley disse que a ajuda solicitada sairia da conta de propina administrada por Mantega no exterior […] com a doação feita, o saldo da conta secreta ficaria zerado.

Dilma então deu o aval e a JBS liberou 30 milhões de reais que restavam na conta.


(fonte: Daniel Pereira, revista Veja)

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.