Em ‘diário de cadeia’, preso da Lava Jato cita Gilmar Mendes e ‘Anjo Gi’

8.9k Views

Amanda Nunes Brückner | 01/07/2019 | 2:33 AM |

,

*** conteúdo exclusivo do Diário do Brasil | se for reproduzir, copiar e/ou colar, favor citar a fonte ***

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Paulo Vieira de Souza (o Paulo Preto), acusado de desvios na obra do Rodoanel (SP), foi preso 2 vezes no último ano.

Em ambas as ocasiões, ele conseguiu decisões liminares para soltura concedidas pelo magnânimo e bondoso ministro Gilmar Mendes.

Quando ficou na penitenciária de Tremembé (SP), Vieira escreveu uma espécie de ‘diário da prisão’.

Pois bem … o tal diário foi parar nas mãos do Ministério Público.

Em um dos trechos escritos por Vieira, ele faz referência ao “Anjo Protetor Gi”:

“Fui informado sobre HC (habeas corpus) ao Ministro Gilmar Mendes e fui à missa pedir ajuda se possível do meu Anjo Protetor Gi, para relaxamento da minha prisão, por motivos da injustiça impetrados pelo MPF/SP e Juíza Maria Isabel, foi minha 1ª Comunhão na Igreja da Penitenciária”.

O tal ‘Anjo Protetor Gi’ , segundo os jornais, seria referência a uma filha de Paulo Vieira, já falecida.

Já a Força Tarefa da Lava Jato desconfia que o “Anjo Protetor Gi” pode ser uma referência a Gilmar Mendes.



leia também:

Nº de celular da esposa de Gilmar Mendes foi encontrado em celular de preso


 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.