Em MG, empresários “importam” vacinas da Pfizer e imunizam funcionários e políticos

24/03/2021

Um grupo de políticos e empresários (incluindo familiares) ligado ao setor de transporte do estado de Minas Gerais tomou ontem (23) a primeira de duas doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19, em Belo Horizonte.

De acordo com denúncia da revista Piauí, eles importaram o imunizante por iniciativa própria e não repassaram ao SUS (Sistema Único de Saúde), conforme rege a lei.

A segunda será aplicada nas cerca de cinquenta pessoas daqui a trinta dias. Cada dose custou em torno de R$ 300,00.

Pessoas que se vacinaram disseram que os organizadores foram dois irmãos proprietários da viação Saritur.

“Uma garagem de uma empresa do grupo foi improvisada como posto de vacinação. A piauí telefonou e mandou mensagem para Rômulo Lessa, que não respondeu. A revista atualizará a reportagem se obtiver resposta.” informou a revista Piauí.

Clésio Andrade, ex-senador e ex-presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), também foi um dos agraciados.

“Estou com 69 anos, minha vacinação [pelo SUS] seria na semana que vem, eu nem precisava, mas tomei. Fui convidado, foi gratuito para mim”.

Dúvida: Será que eles importaram mesmo ou adquiriram no mercado negro ?!? … afinal de contas, como é de conhecimento público, vacinas estariam sumindo por todo país.

 

0 0 votes
Article Rating

Deixe um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments