Em Porto Alegre, morador ‘cancela CPF’ de assaltante com uma Glock .380

05/01/2021

Um morador do bairro Medianeira, em Porto Alegre, eliminou a tiros um homem que invadiu sua residência pouco antes na madrugada de terça-feira (5).

De acordo com o 1º Batalhão da Brigada Militar, o invasor teria chegado ao local anunciando um assalto.

O dono da casa, de 53 anos, disse aos policiais que estava na sala, quando se deparou com o indivíduo já na porta.

Teria havido uma conversa entre os dois, quando o criminoso, usando uma faca, fez ameaças.

O morador relata que pediu para o bandido largar a faca, mas o homem o atacou.

Sem opções, o dono da casal sacou uma pistola Glock .380 e disparou três vezes.

Mesmo baleado, o invasor conseguiu fugir, pulando o portão da residência.

O corpo dele foi encontrado sem vida a cerca de 30 metros do local.

Após o ocorrido, o morador acionou a polícia e entregou a faca que teria sido usada pelo criminoso.

Para a delegada Fernanda Generali, o morador agiu em legítima defesa:

“Foi tentativa de roubo à residência e a vítima reagiu em legítima defesa. O morador não foi preso em flagrante. Entendi que, pelas circunstâncias, está caracterizada a legítima defesa e o delegado titular vai analisar se haverá um posterior indiciamento ou não”  disse a delegada plantonista.

De acordo com o morador, a casa já havia sido assaltada pelo mesmo criminoso na véspera do Natal e o homem teria furtado objetos em uma peça anexa à residência.

A Polícia Civil informou que o dono da casa tem porte de armas, é funcionário público, atirador profissional e competidor de tiros.

O caso será investigado pela 2ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre.

 


 

0 0 votes
Article Rating

Deixe um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments