Está chegando a hora. Que Deus abençoe o Presidente e lhe dê serenidade

01/09/2021

(Guillermo Federico Piacesi Ramos – advogado e escritor – 3/8/21

Jair Bolsonaro fez o maior pronunciamento dele até hoje.

O que eu extraio disso é: … a redução dos “juízes” que se acham ungidos por um poder divino à sua função verdadeira será feita.

Os que atentam contra a democracia são representados hoje por Barroso e sua camarilha, e Bolsonaro deixa isso claro, fala expressamente com todas as letras, citando os seus nomes.

Está chegando a hora disso tudo acontecer. É fato consumado. Mas óbvio que terá um preço a pagar. Danos colaterais serão sofridos. Igual em uma guerra, igual em uma batalha.

E o próprio Presidente da República sabe disso, quando disse que ele ter sido eleito já foi um “milagre”, deixando claro que assume todos os riscos do enfrentamento àqueles que não querem a estabilização da democracia brasileira, com a correção do sistema eleitoral viciado.

Bolsonaro tem consciência que esse momento é uma chance de ouro para a sociedade fazer finalmente algo para se libertar …. e essa chance não pode ser desperdiçada – no final, ela mesmo (a sociedade) já está no lucro, com a própria eleição de Jair Bolsonaro.

Trata-se de uma missão de vida e de um propósito do próprio Presidente, e ele deixa isso claro.

Que Deus abençoe o Presidente e lhe dê serenidade para manter a firmeza de fazer o que deve ser feito.


“A liberdade nunca foi o presente encantado de um livrinho jurídico ou da benevolência da maquinaria estatal, mas sim uma vitória civilizacional, conquistada com o sangue e o suor de gerações de mártires, cuja manutenção exige sacrifícios tremendos e uma vigilância.”

(André Porciuncula -Secretário Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura)

 

3 2 votes
Article Rating

Deixe um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments