EUA: Advogado entra na justiça para administrar ivermectina e salva a mãe de 80 anos

24/09/2021

Até janeiro passado, Ralph Lorigo nunca tinha ouvido falar em ivermectina.

Depois de receber uma ligação de um ex-cliente buscando o ‘polêmico’ tratamento para sua mãe doente, tudo mudou para o advogado especializado em direito comercial no interior do estado de New Iorque.

Lorigo foi ao tribunal e defendeu (com sucesso) o tratamento para sua mãe de 80 anos. Ela sobreviveu.

Notícias locais saudando o acontecimento levaram os leitores a concluir que a droga fez a diferença e, da noite para o dia, Lorigo se tornou o advogado mais requisitado para as pessoas em todo o país, tentando obrigar hospitais e médicos a receitaram ivermectina para seus entes queridos como um último esforço contra a Covid-19.

Apesar das amplas advertências das principais agências de saúde do país alegando que o uso da ivermectina pode desencorajar as pessoas a serem vacinadas,  Lorigo construiu uma marca potencialmente lucrativa para ajudar pessoas dispostas a lutar contra a ‘siênssia’ imposta pela Big Farma.

Mesmo sem evidências, o advogado argumenta que são os médicos, hospitais e a “Big Pharma” que estão afastando as pessoas da ivermectina em busca de seus próprios lucros.

“Embora eu acredite na profissão médica, o que tenho visto é que o juramento de Hipócrates não está sendo cumprido”, declarou Lorigo disse ao jornal The Daily Beast.

A ivermectina ganhou força no cenário da pandemia no final de 2020, quando médicos afiliados a um grupo chamado Front Line COVID-19 Critical Care Alliance começaram a anunciar seu sucesso no tratamento de infecções por COVID-19, apesar de nenhum corpo substancial de evidências.

De acordo com o advogado, ele expandiu sua pequena prática para outros dois advogados e passa o dia todo trabalhando em casos de ivermectina, citando dezenas de estudos que foram amplamente contestados ou desacreditados pela comunidade médica.

Ele diz que trabalha em estreita colaboração com grupos que impulsionam o uso da ivermectina, como o Front Line COVID-19 Critical Care Alliance.

Ao mesmo tempo, ele argumenta que uma plataforma liderada pela “Big Pharma” está propositalmente impedindo que a “verdade” sobre a ivermectina se espalhe, porque é um medicamento genérico com pouco incentivo ao lucro.

Independentemente do tribunal, Lorigo disse que os detalhes de cada caso e seus argumentos para os juízes locais são os mesmos.

“Temos um paciente que está em um respirador e cujas chances de sobrevivência não ultrapassam 40% e em alguns casos tão baixas quanto 20%”, disse ele acrescentando que a maioria de suas ligações são de familiares desesperados com seus entes queridos à beira da morte.

O principal argumento de Lorigo para permitir que o paciente use o tratamento é essencialmente: “Por que não?” ele disse.


(Fonte: matéria completa)

5 1 vote
Article Rating

Deixe um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments