Extrema eficiência : Gilmar solta preso que não pediu habeas corpus

31/05/2018

A procuradora Janice Ascari reagiu à soltura do operador e ex-diretor da Dersa, Paulo Vieira de Souza (do PSDB), conhecido como Paulo Preto, e sua filha, Tatiana Arana Souza Cremonini.

De acordo com a procuradora, Gilmar Mendes mandou soltar a filha do operador sem que ela sequer tivesse feito um pedido de habeas corpus:

“Linha direta com o STF em triplo twist carpado: Tatiana Cremonini, filha de Paulo Vieira de Souza, jamais impetrou habeas corpus nem em primeira instância. E as novas razões para a prisão do pai foram desprezadas pelo STF”.

Pai e filha foram presos acusados de ameaçar testemunhas que acusam o ex-diretor da Dersa de desviar recursos relacionados a desapropriações em obras da Rodoanel.

Tatiana havia solicitado à Justiça autorização para viajar para as Ilhas Maldivas, um paraíso fiscal.

Esse foi um dos motivos que levaram à prisão dela.

As Ilhas Maldivas não tem acordo de extradição com o Brasil e, segundo os procuradores, a viagem seria um risco.

Gilmar é um ícone do Judiciário […] SQN!


leia também:

Barroso alfineta Gilmar e é ovacionado por juízes de 1ª instância