Ficou ofendido com a fala de Bolsonaro, querid’e’?


(texto de Felipe Fiamenghi)

Há muito tempo, quando eu ainda laçava, conheci um dos sujeitos mais “brutos” que já tive notícia.

Peão, criado em fazenda, amansador de cavalos. Caboclo rústico, daqueles das propagandas do Marlboro.

Tempos depois, conversando bobeira com o pessoal, ele disse que era gay.

A maioria já sabia, mas eu juro que me surpreendi. Ainda era moleque e, naquele tempo, ainda acreditava em estereótipos.

Ao longo da vida, convivendo com todo tipo de gente, conheci outros gays em profissões tipicamente de “machões: Pedreiros, mecânicos, policiais, caminhoneiros…

Ser “delicado” não tem absolutamente nada a ver com a sexualidade.

Com a fala do presidente, dizendo que “temos que deixar de ser um país de maricas”, um monte de gente se “doeu” e até acusou-o de homofobia.

O que são, então, os “produtos” desta época; a maior Era de bonança e prosperidade da história humana: Marmanjos barbados, que não sabem bater um prego, trocar um pneu, instalar uma tomada?

Esses dias, viralizou a postagem de um adolescente, dizendo que estava com sede porque o pai não virou o galão d’água no filtro!!!

Como definir homens que não se revoltam e ainda apoiam quando um candidato à presidência de outro país ameaça a sua Pátria?

Homens que aceitaram ser arbitrariamente desarmados, abandonando a responsabilidade sobre a segurança de suas próprias famílias?

Um hétero, casado, pai, pode ser um frouxo. E tem de monte por aí.

Perguntem para o Tião, borracheiro, pro Zé, eletricista, ou pro Odair, produtor rural, se algum deles se ofendeu com a fala do Presidente, independente do que façam entre quatro paredes.

As reclamações vieram diretamente das redações da extrema-imprensa, dos diretórios acadêmicos e dos “home offices” dos “digital influencers”, aonde palavras machucam e verdades insultam.

Se você ficou ofendido com a fala do Bolsonaro, meu amigo, provavelmente você é um dos “maricas”.

“Tempos bons criam homens fracos. Homens fracos criam tempos difíceis. Tempos difíceis criam homens fortes. Homens fortes criam tempos bons.”

(PROVÉRBIO ORIENTAL)

(texto de Felipe Fiamenghi)

 

publicidade


PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com