Formado em pedagogia, criminoso se hospedava em hotel e tem 4 advogados de defesa

Amanda Nunes Brückner | 07/09/2018 | 7:38 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Não … esse cidadão não é um ‘maluco’ qualquer! É uma pessoa bem orientada e com curso superior

Adelio Bispo de Olivera, de 40 anos, o homem que tentou matar Jair Bolsonaro, é formado em pedagogia, foi filiado ao PSOL entre 2007 e 2014 e tem passagem na polícia por lesão corporal.

O portal G1 disse que o criminoso estava desempregado e trabalhava como ‘garçom’ … já o Estadão informou que ele era servente de pedreiro.

Diversos internautas (obviamente de esquerda) já estão organizando várias vaquinhas virtuais para ajudar o meliante. (saiba mais aqui …)

Nos últimos meses, Adélio viajou por algumas cidades. (a PF está fazendo o cruzamento dessas viagens com a agenda de campanha de Jair Bolsonaro)

Em Juiz de Fora/MG, local onde ocorreu o crime, ele estava hospedado em um hotel (pagava a despesa em dinheiro vivo) e portava 1 notebook e 4 celulares.

Agora a parte mais estranha …

O cidadão está sendo representado por 4 advogados, de acordo com informação do deputado Fernando Francischini … Nada mal pra um desempregado, não é!?

Quem está bancando isso tudo?



compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.