General Paulo Chagas sobre Gleisi: “O crime de lesa-pátria é nítido”

Amanda Nunes Brückner | 20/04/2018 | 1:05 AM | MÍDIA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


O general Paulo Chagas não poderia perder esta oportunidade … e deu mais uma lambada em Gleisi Hoffmann

Gleisi Hoffmann pronunciou-se no canal de televisão da Al Jazeera para “denunciar” a prisão do corrupto Lula da Silva como sendo perseguição política em um processo “ilegal” que, segundo ela, dá continuidade ao “golpe” que tirou, Dilma Rousseff, a corrupta inepta, da Presidência da República.

A Procuradoria Geral da República avalia o fato, reportado em vídeo, para verificar se é o caso de caracterizá-lo como “crime de lesa-pátria”.

Na letra fria da Lei de Segurança Nacional e da lógica do patriotismo, o crime está caracterizado, resta, no entanto, definir qual seria a pátria dessa senhora, ela também investigada por crime de corrupção contra o povo brasileiro, o PT?

A Venezuela? A entidade chamada Comunismo Internacional ou o Foro de São Paulo?

Com certeza o Brasil não é a pátria da Sra Gleisi, nem tampouco é a do Sr Lula da Silva, já que ambos, unidos a seus comparsas dentro e fora do Brasil, roubaram inescrupulosamente a Pátria dos brasileiros.

Roberto Requião, Lindberg Farias, Benedita da Silva e o Comandante Stédile, do “exército” do MST, são alguns dos comparsas que complementam a apologia da violência pregada pela Sra Hoffmann, a partir de agora, até com o possível concurso do terrorismo islâmico.

Qual seria a pátria dessa gente? O Brasil, repito, certamente, não é!!!

Gen Bda Paulo Chagas


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.