Gilmar fica ‘puto’ ao saber que não poderá mais usar a 2a. Turma para soltar corruptos

O novo presidente do STF, ministro Fux, teve seu primeiro embate no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) desde que foi nomeado presidente da Corte.

Em sessão extraordinária que aprovou mudanças na forma de julgar casos da Operação Lava Jato, Gilmar Mendes quase teve um ataque de pelanca.

Ele criticou o fato de Luiz Fux apresentar uma proposta importante no meio de uma sessão administrativa, sem avisar previamente os demais ministros.

A proposta em questão tira os julgamentos da Lava Jato da competência da 2ª Turma, grupo do STF com menos ministros, e leva os casos para serem analisados no plenário com os 11 magistrados.

Gilmar Mendes fez críticas a Fux, que (com a maior educação ) ignorou o ‘soltador de corruptos’.

Confira no vídeo:

publicidade