Há 2 anos: Delegado da PF que investigava morte do ministro Teori Zavascki foi assassinado

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A PF informou que as vítimas estavam na cidade de Florianópolis (SC) para participar de um curso

(Maio de 2017)

De acordo com o jornal “Zero Hora”, Adriano Antonio Soares estava acompanhado de outro policial federal e ambos foram baleados após um ‘suposto’ desentendimento em uma casa noturna.

Adriano era chefe da PF em Angra dos Reis e estava na corporação desde 1999.

O delegado era designado para investigar a morte do ministro Teori Zavascki (STF), morto em janeiro num acidente de avião em Paraty-RJ.

Elias Escobar, que chefiou a PF em Niterói e Volta Redonda, acompanhava Adriano no momento e também foi baleado e morto.

Segundo a PM, a ocorrência ocorreu perto das 2 horas da madrugada […] uma terceira pessoa também foi atingida pelo tiroteio e está internada em estado grave.

A Polícia Civil, juntamente com a Polícia Federal, irá investigar o caso.


leia também:

Avião em que ministro Teori Zavascki embarcou foi seguido durante 16 dias


Filho de Teori Zavascki: “Se eles compram o silêncio, podem derrubar aviões”

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Caso queira nos ajudar diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo

facebook: fb.com/diariodobrasil
 
® 2014 Diário do Brasil
Back to Top