Há uma revolução em andamento. E ela se alastra pelo mundo de maneira sincronizada

Amanda Nunes Brückner | 16/09/2020 | 8:38 AM | MÍDIA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Há uma revolução em andamento, que propõe novos modelos: novo modelo familiar, novo modelo de linguagem, novo modelo de transações financeiras, novo modelo de matriz industrial, enfim, um “Grande Reinício”, que começará após um “Grande Filtro”, pelo qual estamos passando.

Os que têm objeções a este “Novo Normal” estão sendo cancelados virtualmente, vexados publicamente, num processo muito semelhante ao que aconteceu na Revolução Comunista Chinesa.

Lá, todos os símbolos do “velho mundo” pré-revolução foram destruídos (depredação de monumentos), linguagem e roupagem “burguesa” eram reprimidos, “Contra-revolucionários” eram perseguidos e humilhados publicamente até se ajoelharem ao “Novo Normal” proposto pela revolução.

Isto mostra que não há nada de novo no que estamos vivendo, exceto pela escala; a Internacional Comunista finalmente alcançou o seu intento internacional … e a revolução que antes era pontual em alguns países, se alastra pelo mundo de maneira sincronizada.

Não é curioso que um movimento como Black Lives Matter, por exemplo, atue até mesmo no Japão, país que não tem histórico de escravidão e nenhum registro de embates raciais?

Será que o Japão tem realmente esta demanda ou ela está sendo artificialmente criada?

Não é curioso que todos os países do mundo tenham a mesma agenda, ao mesmo tempo, mesmo tendo históricos e realidades tão diferentes?

Quem não enxerga uma orquestração nisto, não enxerga nada.


(Rodrigo Miceli – escritor)

E até ontem era teoria da conspiração: “Obrigou todos a receberem certa marca na mão direita ou na testa”

 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.