Haitiano que deu chilique na frente de Bolsonaro jamais poderia ter questionado nossa soberania

Amanda Nunes Brückner | 18/03/2020 | 9:43 AM | MIDIA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Plantado pela mídia esquerdista …

Tem dias que, de verdade, sinto vergonha de ser brasileiro. Sinto vergonha da nossa passividade, nossa submissão, nossa síndrome de Vira-Latas.

O cara é lá da “raio que o parta” , comia MERcadoria em casa, foi acolhido no nosso país; recebido de braços abertos por um povo hospitaleiro, até em excesso.

Depois de instalado, alimentado, com um teto em cima da cabeça, o que é que o infeliz faz?

Vai na Capital Federal confrontar o nosso Presidente, questionar a nossa democracia, contrariar a vontade do povo que o acolheu.

De verdade, por mim, tinha que enfiar dentro do primeiro avião e despachar para o lugar de onde veio, com passagem só de ida e observação no passaporte, para nunca mais voltar.

E não venham falar que é porque xingou o Bolsonaro.

Se fizesse com Lula, minha reação seria a mesma.

NOSSA SOBERANIA NÃO DEVE SER QUESTIONADA POR FORASTEIROS.

O país não tem que agradar imigrantes. Se quiser ficar na NOSSA TERRA, que siga as NOSSAS REGRAS.

Se não, volte pra casa.

“Patriotismo é quando o amor ao teu próprio povo vem primeiro.

(GAULLE, Charles de)


(texto de Felipe Fiamenghi via rede social)

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.