Hidroxicloroquina: Quem tem o direito de escolher a medicação é o paciente e o médico … e ponto final

Amanda Nunes Brückner | 08/04/2020 | 12:26 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Roberto Kalil Filho, diretor-geral do Centro de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês:

“Independente de portarias do ministério da Saúde, a medicina é feita na relação médico paciente … e o médico tem que dar para o paciente tudo de conhecimento para o bem do doente”

Sobre a hidroxicloroquina:

“Embora todos saibam que não tenha grandes estudos comprovando o benefício, numa situação de um paciente mais grave, eu acho que tem que ser ponderado sim o uso [hidroxicloroquina]”

Trocando em miúdos:

Relação médico paciente … nem o governo, nem o ministério da Saúde ou quem quer que seja tem o direito de interferir nessa relação.

Sob a tutela do médico, a escolha de tomar medicamento A ou B é do paciente e ponto final.


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.