Idosa vai parar em UTI após falsa acusação de furto em supermercado do DF

Guilherme Santiago | 30/11/2020 | 6:02 PM | COTIDIANO
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


(Brasília) No último sábado (28), dona Milta de Jesus Oliveira (75 anos) foi até um supermercado com duas filhas e um neto para fazer compras.

Ao passar pelo caixa, uma atendente abordou a senhora de maneira brusca e a acusou de ter furtado os chinelos que ela usava, informou a família.

A idosa negou o furto e explicou para a funcionária que havia ganhado os chinelos da filha há alguns meses.

“A atendente não deixou a minha avó sair do caixa, (dizendo) ‘a senhora roubou esses chinelos e tem que pagar, não vai pagar por eles não?’. E a minha avó disse que era a filha dela que tinha comprado em outra loja e dado de presente. Tinha nota fiscal. É muito desrespeitoso esse tipo de abordagem”, contou Johnny Rodrigues, neto de dona Milta.

Clientes que estavam no local protestaram contra a abordagem e se formou uma confusão generalizada.

De acordo como o jornal Correio Braziliense, após o tumulto, funcionários do supermercado checaram as câmeras de segurança e constataram que Milta dizia a verdade … eles pediram desculpas e ofereceram água para ela.

Após o desgaste emocional, a idosa passou mal e queixou-se de dor no peito, ânsia de vômito e fadiga.

Dona Milta, que iria celebrar seu aniversário nesta segunda-feira (30), foi levada para uma unidade pública de saúde pelos familiares, onde continua internada na UTI em estado grave.

Posição do supermercado

O caso aconteceu na Super Adega do Jardim Botânico.

mercado foi procurado pelo Correio Braziliense, mas informou que vai publicar uma nota sobre o caso, ainda nesta segunda (30), por meio das redes sociais.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.