Prefeito brasileiro ‘salvou sua cidade’ do vírus chinês

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Leia a matéria abaixo com atenção … depois reflita e se pergunte: ‘Quantas mortes poderiam ter sido evitadas no país?’

Com pouco mais de 53 mil habitantes, a cidade de Porto Feliz está localizada a 90 km de São Paulo (capital).

Eleito em 2017, o médico Cássio Habice Prado explicou (através de uma live no youtube – graças à ética do jornalista Alexandre Garcia) como obteve sucesso no tratamento precoce (profilaxia) contra a Covid-19.

Antes de transcrever as palavras do prefeito Cássio, gostaríamos de ressaltar que TODA a grande mídia desdenhou (criticou, ofendeu, desqualificou, ocultou, ignorou) do protocolo de Porto Feliz, chegando a publicar matérias que desqualificavam o uso dos medicamentos citados abaixo.

Enquanto o dr. Cássio trabalhava cautelosamente, prefeitos de diversas cidades davam um show de histeria (e falta de profissionalismo) e nos passavam a imagem de que somente os tais ‘respiradores’ poderiam salvar vidas.

E o STF? Quem se lembra?

Na primeira quinzena de abril, a Corte máxima do país praticamente ignorou o Executivo e delegou a governadores e prefeitos o poder para determinar medidas durante a pandemia.

Bolsonaro, que sempre se declarou pró-hidroxicloroquina, foi literalmente massacrado.

A grande mídia, capitaneada por políticos de esquerda, publicava ‘toneladas’ de matérias nomeando todos os possíveis tratamentos como ‘fake’ … as principais redes sociais censuraram centenas de postagens pró-hidroxicloroquina com a alegação de que somente a OMS e o Ministério da Saúde (na época chefiado pelo ex-ministro Mandetta) tinha autoridade para publicar tais protocolos.

No dia 6 de abril, Mandetta, provavelmente em tom irônico, declarou que a IVERMECTINA era um medicamento usado para eliminar carrapato de gado.

“Ciência, ciência, ciência”, é o que respondia o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, quando questionado sobre possíveis tratamentos com medicamentos para a Covid-19.

Temos que seguir a ciência? É óbvio … porém, quando estamos em guerra, não há tempo suficiente para esperar meses (a até anos) para a conclusão de estudos.

Contra fatos, não há argumentos …

Abaixo as palavras do dr. Cássio Habice Prado, prefeito da cidade de Porto Feliz, SP:

(*** vídeo abaixo a partir do minuto 19:30 ***)

“No início de fevereiro, nós reestruturamos nosso serviço de saúde … em março, nós reunimos os médicos da minha equipe e criamos um protocolo baseado no ‘Protocolo de Madrid’ , ‘Protocolo de Bérgamo’ e ‘Protocolo de Marseille’.”

“Em 28 de março, desde que tivemos o primeiro caso, nós temos feito o tratamento precoce de todos os pacientes com sintomas leves de Covid … esses sintomas leves são obtidos através de diagnóstico clínico (descrição de sinais e sintomas) e tomográfico (aqui todos fazem a tomografia) … já distribuímos cerca de 1500 kits”

(*** kit: hidroxicloroquina, azitromicina, enoxaparina, remédio para enjoo e anti-inflamatório *** custo aproximado: R$ 40,00)

“Criamos esse kit, que foi muito criticado no início, e todos tomaram esses medicamentos durante o final de março, abril e maio … desde então, nenhum desses 1500 pacientes evoluiu para tubo, para respirador, para UTI ou para óbito.” 

“Os 3 óbitos que nós tivemos até hoje são de pacientes que não fizeram o tratamento precoce”

“Felizmente, todos que trataram precocemente não evoluem com gravidade … e mesmo que evoluam para a fase 2, o tratamento passa a ser mais fácil. ” 

“O que nós fizemos também foi tratar os contactantes (pessoas do convívio) com profilaxia … nós fornecemos medicamento para os contactantes que têm Covid em casa … todos eles tomam IVERMECTINA

“Pudemos notar que dos 4500 contactantes que passaram pela profilaxia, nenhum deles desenvolveu Covid”

“Também demos a IVERMECTINA para trabalhadores de alojamentos e nenhum deles desenvolveu Covid”

“Também escolhemos (aleatoriamente) uma quadra (quarteirão) da cidade e demos IVERMECTINA para todas as pessoas dessa quadra, aproximadamente 290 moradores … nas quadras ao redor, houve casos de Covid … na quadra que foi tratada com IVERMECTINA, não houve nenhum caso”

“Nossa experiência é de sucesso … o que nos preocupa é a procura tardia  … os pacientes deixam para nos procurar no D10, D15 (dias de sintomas) e já chegam na fase 2 ou 3, o que acaba demandando leitos de UTI”

“Temos alguns pacientes em estado grave porque eles nos procuraram (infelizmente) na fase tardia”

“Fizemos barreiras sanitárias, esterilizamos todos os espaços públicos e fomos a primeira cidade a exigir o uso de máscaras, já no final de março”

“Também fizemos a profilaxia de todas as equipes médicas e funcionários da saúde … que tomam IVERMECTINA ou HIDROXICLOROQUINA no esquema semelhante ao da Índia (2 comprimidos de 400mg em 1 dia e depois 1 comprimido por semana pelo período de 3 a 7 semanas )”

“Todos os contactantes dessas equipes médicas (e funcionários da saúde) também tomaram IVERMECTINA (na dose preconizada pela bula) como prevenção … nenhum deles desenvolveu Covid”

“Os únicos 2 médicos que se recusaram a tomar o medicamento, desenvolveram Covid”

“Aconselho a todos os profissionais de saúde (que têm contato direto com pacientes) a fazerem o uso das duas drogas (hidroxicloroquina, azitromicina) “

“Esses protocolos devem ser colocados rapidamente em todas as cidades para que a gente não entre em colapso. Essa reestruturação já deveria ter sido feita em março, abril … onde estavam os prefeitos? Em Plutão?”

“Infelizmente, esse tratamento foi politizado e a população das cidades foi colocada em risco …”


Conclusão

Diante de todas as informações postadas acima, você deve estar se perguntando:

“O que devo fazer?”

Dra. Carine Petry, que inclusive foi infectada pelo Covid, responde:

(*** vídeo abaixo a partir do minuto 6:00 ***)

“Até pouco tempo atrás, a população foi orientada a procurar um hospital somente quando tivesse falta de ar”

“Estou aqui hoje pra dizer que isso não é verdade e tem que mudar urgentemente …”

“Tosse, febre e falta de ar são sintomas de uma doença (Covid) já avançada … temos que orientar a todos que a Covid tem sintomas precoces que aparecem na primeira semana de evolução da doença. (abaixo)”

Se você tem qualquer sintoma representado no quadro abaixo, procure um médico e peça para ter acesso ao Protocolo de Porto Feliz … é um direito seu!


Fonte: (vídeo abaixo)

 


Leia também:

Pará: “Mais de 50.000 pacientes tratados com cloroquina. Nenhuma morte súbita”

Pará: Mais um caso de sucesso no tratamento precoce contra o vírus chinês

 

 

 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Caso queira nos ajudar diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo

facebook: fb.com/diariodobrasil
 
® 2014 Diário do Brasil
Back to Top