Índia bate recorde mundial de infecções em 24h, mas vírus mata 3x menos que no Brasil

22/04/2021

A Índia registrou um recorde mundial absoluto de 312.731 novas infecções em um período de 24 horas, disse o ministério da saúde indiano na quinta-feira.

É a maior contagem diária de casos em um único país desde que o vírus surgiu na China, há mais de um ano.

O total da Índia superou a alta anterior de 300.669 casos em um único dia, ocorrida nos Estados Unidos em 8 de janeiro, de acordo com um banco de dados do New York Times.

Nos últimos dois meses, o surto na Índia explodiu, com relatos de falta de oxigênio e ambulâncias enfileiradas fora dos hospitais porque não há ventiladores para novos pacientes.

À medida que os casos em todo o mundo atingem novos recordes semanais, 40% das infecções vêm da Índia, um lembrete preocupante de que a pandemia está longe de terminar, mesmo com o declínio das infecções e a aceleração das vacinações nos Estados Unidos e em outras partes ricas do mundo.

A Índia ultrapassou o total de 15,6 milhões de infecções, a segunda maior depois dos Estados Unidos.

O número de mortos também começou a subir vertiginosamente.

Na quinta-feira, o governo indiano registrou 2.104 mortes e uma média de mais de 1.300 pessoas morreram do vírus todos os dias na semana passada.

Isso é menos do que nos piores pontos da pandemia nos Estados Unidos ou no Brasil, mas é um aumento acentuado em relação a apenas dois meses atrás, quando menos de 100 pessoas morriam diariamente na Índia.

Para se ter uma ideia, nas últimas semanas, o Brasil tem registrado uma média diária de 65 a 70 mil novas infecções e uma média diária de mortes acima de 3 mil.

Já na Índia, a média diária de infecções das últimas semanas está acima de 120 mil novos casos confirmados. (quase o dobro do brasil).

O mais curioso é que, mesmo com a taxa de infecção nas alturas, a média diária de mortes (últimas semanas) na Índia está na casa dos 1200/dia.

Deu pra entender, caro internauta?

A Índia tem (nessas últimas semanas), o dobro da média de infecções do Brasil, mas a média de mortes/dia é praticamente 1/3 das mortes ocorridas no Brasil.

Das duas uma: ou a variante que circula na Índia é mais amena do que a variante de Manaus (que predomina no território brasileiro) ou os indianos continuam fazendo algum tipo de tratamento assim que detectam os primeiros sintomas.

Há também uma terceira via de pensamento: Será que todas as mortes registradas como Covid no Brasil são realmente mortes ocorridas por Covid?

 

 

0 0 votes
Article Rating

Deixe um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments