Indiano de 27 anos quer processar os pais: “Me tiveram para seu próprio prazer. Não me consultaram “

31/05/2019


Como dizia o saudoso Raul Seixas: Pare o mundo que eu quero descer!

(BBC-India) Raphael Samuel tem 27 anos e nasceu em Bombaim, na India.

Nos últimos dias, ele se tornou o foco das mídias internacionais por ter anunciado (no seu Facebook pessoal) que vai entrar com um processo contra seus pais por ter não ter autorizado o seu nascimento.

Samuel assegura que gosta muito do pai e da mãe e lamenta ter que levá-los a um tribunal, pois não consegue ‘perdoar’ o fato de seus pais não o consultarem (mas como assim???) antes de nascer.

“Eles me tiveram para seu próprio prazer”, declarou o indiano.

Raphael faz parte de um grupo que luta para que os problemas da Humanidade sejam resolvidos através do controle da reprodução … em outras palavras, controle de natalidade.

“As pessoas são colocadas no planeta Terra sem terem pedido. A humanidade da Terra tem que deixar de existir. Isso seria muito melhor para o planeta. Muitas pessoas estão sofrendo. Se a humanidade for extinta, a Terra e os animais serão mais felizes e certamente ficarão melhores. Também nenhum humano irá sofrer. A existência humana é totalmente sem sentido.” explica o homem.

Apesar de querer avançar pela via judicial, Raphael Samuel assegura que não guarda rancor dos pais:

“Gosto muito dos meus pais e me dou muito bem com eles. Gostaria de dizer a todas as crianças indianas que elas nada devem aos seus pais“, disse o indiano quando confrontado através das redes sociais.

“Minha vida tem sido incrível, mas não consigo encontrar motivo para colocar uma outra pessoa no mundo e obrigá-la a passar por aquele processo de ter de andar numa escola para depois seguir uma carreira, sobretudo quando essa pessoa não pediu para existir”, encerra.


 

0 0 votes
Article Rating

Deixe um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments