“Intervenção? Quem disse que vai tomar o poder foi o Zé Dirceu e não as Forças Armadas”

Patrícia Moraes Carvalho | 01/10/2018 | 12:04 PM | POLÍTICA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O general Hamilton Mourão (PRTB), vice na chapa de Jair Bolsonaro, declarou hoje (01) que, numa eventual vitória de Fernando Haddad, o país não corre o menor risco de um golpe militar.

Mourão também ressaltou que a chapa aceitará a derrota:

“Ele (Bolsonaro) já voltou atrás […] aquilo (o fato de não aceitar o resultado das urnas) foi no calor da disputa […] perdeu, perdeu”, disse o general em Brasília.

Pressionado, o militar não reagiu às provocações dos repórteres:

“… as Forças Armadas estão quietinhas, sob o comando dos seus comandantes […] quem está falando que quer tomar o poder é o José Dirceu, que declarou que quer acabar com o Ministério Público e os poderes […] e se fosse eu que tivesse falado um negócio desses?”

Os profissionais da grande mídia fazem perguntas extremamente idiotas … caso haja (*** estamos apenas supondo ***) uma intervenção militar, você acreditam que um general da reserva faria um pronunciamento sobre tal ato?

Imaginem a cena:

“Estamos declarando que, a partir do dia 1º de janeiro, haverá intervenção militar”


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.