Janaína reage à licitação do STF: “Lagosta, whisky, cachaças. Bebida em refeição de trabalho?”

Amanda Nunes Brückner | 28/04/2019 | 8:01 AM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A deputada estadual mais votada da história pais, Janaína Paschoal (PSL/SP), reagiu à publicação do Supremo Tribunal Federal (STF) abrindo licitação para “prestação de serviços de fornecimento de refeições institucionais”.

No último dia 26, a Corte divulgou um edital estimado em R$ 1,134 milhão. (saiba mais aqui …)

“Quando o Presidente me convidou a ser vice, ele disse que, no governo dele, todos comeriam arroz, feijão e ovo; variando com ovo, arroz e feijão. Eu disse a ele ser um prato que aprecio muito.

Agora, leio que o STF seguiu o exemplo do Ministério das Relações Exteriores, para licitar lagosta, whisky, cachaças, para brunch, almoço, jantar, etc.

Eu fico indignada! Essas iguarias, cada um que pague com o próprio salário. E para que bebida em refeição de trabalho?

O Presidente não tem poder de cancelar o edital publicado pelo STF, mas tem o poder de fiscalizar os editais dos muitos Ministérios.

Todos precisam apertar os cintos.

Esse tipo de compra com dinheiro público constitui um acinte, salvo melhor juízo.”



compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.