João de Deus alega que “foram as vítimas que trancaram a porta”

Amanda Nunes Brückner | 18/12/2018 | 10:20 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

(Patrícia Carvalho para o Diário do Brasil)

Eu (Patrícia) não sei se fico indignada, com raiva ou com vontade de ‘vomitar’.

Após mais de 500 denúncias de assédio encaminhadas ao Ministério Público de Goiás, o médium curandeiro João de Deus declarou – em depoimento – que são as pessoas que trancam a porta da tal ‘salinha dos abusos’.

Oficialmente, 15 mulheres já prestaram depoimentos à polícia.

A maioria delas alegou que os abusos aconteceram numa sala anexa ao Centro Espiritual […] outras relataram que foram violentadas no banheiro e até mesmo no corredor do local.

Quando questionado sobre os tais ‘atendimentos individualizados’, o médium respondeu:

“São as pessoas que solicitam (se referindo ao atendimento na sala anexa) … “nunca tranquei essa porta … muitas vezes é o atendido quem a tranca”.

Esse é o Brasil, onde o poste mija no cachorro e a vítima é transformada em criminosa.

Cuidado seu João … as coisas estão mudando!


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.