Joesley em novo depoimento: “Antes do impeachment de Dilma, Temer me pediu R$ 300 mil”

18/05/2018

Em seu depoimento mais recente para a Polícia Federal, o açougueiro corruptor mais famoso do Brasil, delatou (mais uma vez) o presidente Michel Temer

Na última quarta-feira (16), Joesley disse que Temer nunca teve pudor ao falar de dinheiro irregular.

Para os investigadores da PF, Batista declarou que o presidente da República e a turma do PMDB são agressivos quando a pauta é dinheiro.

Ele explicou que, faltando apenas 10 dias para a votação do impeachment de Dilma, Temer lhe pediu pessoalmente 300 000 reais.

Usando tom jocoso, um interlocutor de Joesley disse o seguinte:

“A gente diz que o Joesley virou funcionário da PF. A cada depoimento ele brinca que pedirá estabilidade”, disse o infeliz.


(fonte: Daniel Pereira, revista Veja)