Juíza de Curitiba ‘peita’ ministro do STF e se recusa a soltar Lula

8.9k Views

Amanda Nunes Brückner | 19/12/2018 | 7:25 PM |

,

*** conteúdo exclusivo do Diário do Brasil | se for reproduzir, copiar e/ou colar, favor citar a fonte ***

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Lula seguirá preso, ao menos pelos próximos dias …

A juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, se negou a libertar Lula após a liminar expedida pelo ministro Marco Aurélio, do STF.

Em despacho, a juíza registrou que irá aguardar a publicação oficial da liminar e ainda destacou que há uma decisão colegiada do STF sobre o tema.

Ela também pediu manifestação por parte do Ministério Público.

“Tem-se, pois, decisões colegiadas, inclusive no caso concreto, no sentido do cabimento da execução provisória da pena”, afirmou a juíza.

Lebbos solicita que o MPF se manifeste “em homenagem ao contraditório”.


A LIMINAR RIDÍCULA

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello determinou na tarde de hoje (19) a soltura de todos os presos que estão detidos em razão de condenações após a 2ª instância da Justiça.

A decisão provisória de Marco Aurélio atendeu a pedido do PCdoB e atinge, inclusive, o ex-presidente Lula, que tem recursos pendentes no STF.

40 minutos após o ministro expedir a liminar, a defesa de Lula já havia entrado com um pedido de soltura do preso … rápido, não é mesmo?

Será que os advogados do ex-presidente já sabiam da decisão que seria tomada?

Será que o ministro está sofrendo algum tipo de ameaça para tomar tal decisão absurda?

Ou será que algum tipo de ‘vantagem’ foi oferecida ao magnânimo?


 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.