Juíza de Curitiba ‘peita’ ministro do STF e se recusa a soltar Lula

Amanda Nunes Brückner | 19/12/2018 | 7:25 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Lula seguirá preso, ao menos pelos próximos dias …

A juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, se negou a libertar Lula após a liminar expedida pelo ministro Marco Aurélio, do STF.

Em despacho, a juíza registrou que irá aguardar a publicação oficial da liminar e ainda destacou que há uma decisão colegiada do STF sobre o tema.

Ela também pediu manifestação por parte do Ministério Público.

“Tem-se, pois, decisões colegiadas, inclusive no caso concreto, no sentido do cabimento da execução provisória da pena”, afirmou a juíza.

Lebbos solicita que o MPF se manifeste “em homenagem ao contraditório”.


A LIMINAR RIDÍCULA

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello determinou na tarde de hoje (19) a soltura de todos os presos que estão detidos em razão de condenações após a 2ª instância da Justiça.

A decisão provisória de Marco Aurélio atendeu a pedido do PCdoB e atinge, inclusive, o ex-presidente Lula, que tem recursos pendentes no STF.

40 minutos após o ministro expedir a liminar, a defesa de Lula já havia entrado com um pedido de soltura do preso … rápido, não é mesmo?

Será que os advogados do ex-presidente já sabiam da decisão que seria tomada?

Será que o ministro está sofrendo algum tipo de ameaça para tomar tal decisão absurda?

Ou será que algum tipo de ‘vantagem’ foi oferecida ao magnânimo?


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.