Líder do MST ameaça fechar rodovia durante trajeto de Lula à 13ª Vara Criminal

Amanda Nunes Brückner | 13/11/2018 | 5:14 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Stédile também sugeriu que Lula deve desacatar as autoridades do tribunal

Sob o comando de Gleisi Hoffmann, um grupelho de 2 dúzias de comunistas se reuniu em Curitiba para traçar as próximas ‘metas’ de vandalismo em homenagem ao ex-presidente encarcerado.

Pela primeira vez desde que foi preso, Lula deixará a Superintendência da PF (em Curitiba) para depor à juíza Gabriela Hardt no processo do sítio de Atiaia, amanhã (14).

O líder do MST, João Pedro Stédile, cidadão asqueroso e vadio, incentivou seus pares a fechar uma rodovia durante o trajeto de Lula:

“Temos que cutucar nossos primos metalúrgicos … nós do MST vamos parar uma rodovia e dizer: AQUI NINGUÉM PASSA”

Até aí, nada de anormal … a Polícia Militar do Paraná sabe muito bem como tratar grupos que impedem o direito de ir e vir das pessoas […] além do mais, as balas de borracha estão sobrando no estoque da corporação.

O que mais assustou na fala do terrorista foi a seguinte frase:

“Espero que ele aproveite o depoimento para mandar muita gente à mer#[email protected]”.

Essa nós iremos assistir de camarote … a juíza Gabriela Hardt não é tão ‘paciente’ quanto Sérgio Moro … vamos ver se Lula terá coragem de transformar o depoimento de amanhã num circo.


(vídeo via jornaldacidadeonline)


 

 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.