Liminar de Marco Aurélio poderá soltar milhares de presos condenados em 2ª instância

Amanda Nunes Brückner | 19/12/2018 | 3:20 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

“De acordo com o levantamento do CNJ, a partir do Banco Nacional de Monitoramento de Presos (BNMP 2.0), o país tinha 602 mil presos, sendo 148,4 mil em execução provisória da pena.” informou o Globo.

Tudo aquilo pelo qual Jair Bolsonaro e Sérgio Moro (o novo ministro da Justiça) lutam, poderá ser jogado literalmente no lixo com a decisão de Marco Aurélio.

O ministro do STF mandou suspender execução de pena após condenação em 2ª instância.

A liminar beneficia não só o presidente Lula, que pode deixar a cadeia a qualquer instante, como também outros presos de alta periculosidade que foram condenados pela Lava-Jato e outras Operações … incluindo nesse pacote estupradores, traficantes, sequestradores, etc…

No último dia do ano no Judiciário, Marco Aurélio conseguiu ‘assassinar’ a Lava Jato de maneira monocrática:

“Sob a óptica do perigo da demora, há de ter-se presente a prisão ou efetivo recolhimento, antes da preclusão maior da sentença condenatória, não apenas dos condenados em segunda instância por corrupção – pelo denominado crime do colarinho branco –, mas de milhares de cidadãos acusados de haver cometido outros delitos. Se essa temática não for urgente, desconheço outra que o seja.”

Se você já estava preocupado com a ‘saidinha de Natal’ de milhares de presos, então se prepare … a coisa vai piorar!

Vale destacar que cabe recurso da liminar de Marco Aurélio Mello.

A partir de amanhã, o STF estará de férias e um eventual agravo terá (necessariamente) que ser examinado pelo ministro Dias Toffoli – que será o plantonista da casa.


abaixo o documento completo:

clique aqui 


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.